top of page

Bolas de Berlim

Porções: 15 unidades

Tempo de Preparo: 3 horas

Tempo de Cozedura: 6 minutos

Dificuldade: Moderado

 

Aprenda aqui a fazer Bolas de Berlim, um bolo tradicional da culinária alemã, muito famoso também no Brasil pelo nome de Sonho, cuja receita chegou a Portugal durante a Segunda Guerra Mundial pela mão de refugiados judeus, tornando-se um sucesso imediato. Este é um dos doces mais adorados dos portugueses e turistas sendo que no verão são vendidas milhares de Bolas de Berlim nas praias e pastelarias.


Receita de Bolas de Berlim


INGREDIENTES


Massa:

  • 500 gr de farinha T55 (sem fermento)

  • 50 gr de açúcar

  • 75 gr de margarina bolo rei ou manteiga

  • 50 ml de leite

  • 7 gr de sal fino

  • 1 ovo inteiro

  • 25 gr melhorante brioche 5%*

  • 150 ml de água fresca

  • 20 gr de fermento padeiro (biológico fresco)

  • 1/2 colher (de sopa) de aroma de baunilha

  • Óleo abundante para fritar


Recheio e decoração:


NOTAS


Clicar nos ingredientes para abrir a receita


* Melhorante Brioche 5%:

Este é o melhorante de pastelaria, para a elaboração de massas doces fermentadas. Confere cor amarela e excelente sabor e aroma, proporcionando volume, macieza e ótima estabilidade à massa, permitindo que esta tenha mais durabilidade antes e depois de cozida. Em produção caseira ou para cozer e consumir de imediato, não é obrigatório usar este ingrediente.



PREPARAÇÃO


  1. Juntar todos os ingredientes menos o fermento padeiro e a água e começar a amassar em primeira velocidade (lenta).

  2. Adicionar a água aos poucos amassando sempre até a massa ficar uniforme, cerca de 4 minutos.

  3. Mudar para segunda velocidade (rápida) e amassar até a massa começar a ficar lisa e elástica.

  4. Adicionar o fermento padeiro e amassar até envolver bem e a massa atingir ponto de véu* e ficar bem elástica.

  5. Transferir a massa para uma bancada enfarinhada, enrolar um pouco a massa formando um patão, tapar a massa com um plástico e deixar descansar 10 minutos.

  6. Cortar a massa em porções de 60 gr. Para cortar na máquina divisora o empelo deverá ter 1800 gr.

  7. Enrolar os pedaços de massa em bolas, dispor as bolas separadas num tabuleiro untado com óleo ou desmoldante, tapar com um plástico e deixar levedar bem.

  8. Fritar as bolas em óleo pré-aquecido em lume brando, virar as bolas a meio da fritura para fritarem dos dois lados, retirar com uma escumadeira, deixar escorrer um pouco e transferir para uma travessa com papel absorvente.

  9. Opcionalmente, as bolas podem ser passadas por açúcar branco enquanto ainda estão mornas.

  10. Abrir um corte de lado com uma faca de cerra e rechear as bolas com creme pasteleiro, com ajuda de um saco pasteleiro equipado com boquilha lisa.

  11. Servir as bolas passadas em açúcar branco ou polvilhadas com açúcar em pó.


NOTAS


Em produção caseira o melhorante de brioche é opcional mas caso não se use, é conveniente colocar a massa numa bacia depois de amassada, deixar levedar até dobrar de tamanho e depois seguir o mesmo processo de preparação.


*Liga da massa (ponto de véu):

É o processo causado pelo glúten das farinhas que dá a elasticidade e a coesão à massa. Para verificar, deve molhar os dedos em água, retirar um pouco de massa, esticar a massa com os dedos molhados, esta quando tiver ponto de liga deve esticar bem sem rasgar formando um véu quase transparente, se rasgar muito é sinal de que ainda não têm a liga necessária.

 

Espero que goste!

Deixe um like, partilhe e se tiver dúvidas coloque nos comentários!



Posts Relacionados

Ver tudo

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page