top of page

Glórinhas

Aprenda aqui a fazer glórinhas, também conhecidas como Argolas Douradas, um doce maravilhoso típico do Porto que se pode encontrar em ponto grande ou mini, à base de massa folhada, doce de ovos e cobertura de calda glaceada. Conhecido e comercializado um pouco por todo o país, hoje em dia já não se vê muito por ser um pouco trabalhoso de fazer.

 

Porções: 15 unidades

Tempo de Preparo: 120 minutos

Tempo de Cozedura: 25 minutos

Dificuldade: Moderado


Receita de Glórinhas

INGREDIENTES


Massa:


Doce de ovos:

  • 400 gr de açúcar

  • 100 ml de água

  • 18 gemas de ovo

  • Canela em pó


Cobertura:

  • 500 gr de açúcar

  • 250 ml de água


NOTAS

Clicar nos ingredientes para abrir a receita.


PREPARAÇÃO


Folhado tradicional com três voltas simples e uma em livro:

  1. Esticar a massa, dar mais uma volta simples, deixar descansar 10 minutos e esticar a massa com cerca de 7mm de grossura.


Folhado de compra:

  1. Sobrepor duas folhas de massa folhada e esticar com cerca de 7mm de grossura.



Cozedura:

  1. Cortar argolas de massa folhada utilizando um cortante redondo de 6 cm e um cortante redondo de 3 cm.

  2. Dispor as rodelas numa bandeja forrada com papel siliconizado e cozer no forno pré-aquecido a 200ºC até dourarem, cerca de 25 minutos.

  3. Retirar do forno e deixar arrefecer.


Doce de ovos:

  1. Juntar o açúcar com a água num tacho de cobre ou inox e levar ao lume a ferver até atingir ponto pérola (108-109ºc).

  2. Passar as gemas por um peneiro de rede fina para uma tigela seca e limpa.

  3. Retirar a calda do lume e adicionar dois terços da calda aos poucos na gema deslaçada, mexendo sempre com umas varas até envolver bem. Adicionar a calda de uma vez pode talhar ou cozer as gemas e o creme não vai ficar suave e uniforme.

  4. Virar as gemas com a calda para o tacho onde ficou um terço da calda, mexendo sempre.

  5. Levar novamente a lume médio, mexendo sempre com as varas, ao redor e no meio, até engrossar.

  6. Retirar o tacho do lume, virar o doce para um tabuleiro, espalhar bem, tapar com uma folha de papel vegetal ou película aderente diretamente no doce e deixar arrefecer.

  7. Depois do doce de ovos frio, passar as argolas folhadas no doce e colocar em cima de uma rede com um tabuleiro por baixo. Reservar no frio para solidificar um pouco o doce de ovos.


Cobertura:

  1. Adicionar o açúcar e a água num tacho e levar ao lume a ferver até atingir ponto voar (115ºC - ferve 7 minutos).

  2. Enquanto ferve, passar um pincel com água nas bordas da panela para remover salpicos.

  3. Quando a calda atingir os 115ºC, retirar do lume e com as costas duma colher de pau, puxar a calda várias vezes para os rebordos do tacho e esfregar aos poucos com a colher de pau para esbranquiçar, misturando aos poucos com a calda até que esta se torne baça (esbranquiçada).

  4. Retirar a calda do lume e com uma colher ou concha, cobrir as argolas com a calda.

  5. Deixar escorrer e secar um pouco e transferir para uma travessa.


NOTAS

Caso o doce de ovos esteja demasiado espesso, pode utilizar uma espátula para barrar as argolas ou diluir o doce de ovos com um pouco de calda de açúcar fraca, de forma a ficar mais fluído.

É possível mergulhar as argolas diretamente na calda em vez de cobrir na rede, mas pessoalmente acho mais fácil e mais limpo fazer na rede.

 

Espero que goste!

Deixe um like, partilhe e se tiver dúvidas coloque nos comentários!


427 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Tamarês

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page